Cinema

Não Sou Crítico de Cinema 3 – Amor a Toda Prova

amor-a-toda-provaTaí um filme que em um primeiro momento me pareceu despretensioso e que me fez assistir do começo ao fim, com uma atenção que eu não imaginava. “Amor a Toda Prova” trata-se básica e únicamente sobre relações amorosas, mas que dividi-se em muitas vertentes como a descoberta do primeiro amor, do amor adolescente por uma pessoa mais velha, do mulherengo que de uma hora para a outra conhece o amor e não sabe como agir e a relação entre um casal que depois de muito tempo juntos, precisam se reinventar diante de uma eminente separação.

O casal principal Steve Carell e Juliane Moore (que mesmo com o passar dos anos continua linda) está simplesmente impecável, conseguem personificar e mostrar, mesmo que em poucos atos juntos, como que o desgaste de uma relação pode interferir no futuro de um casamento.

Outro mote interessante, que é o vies fundamental do filme, gira em torno da história que envolve o personagem Jacob Palmer (Ryan Gosling) e Cal Weaver (Carell). Alí vemos nascer uma relação de admiração, de amizade, mas vemos também que um se inspira no outro, sendo que Weaver busca ser mais bem sucedido em suas relações pessoais e Palmer, que mesmo questionando os métodos usados pelo seu pupilo, no fundo enxerga atitudes que conviveu durante a infância e que deseja ter essa mesma sensibilidade para que possa ter uma vida mais completa e feliz.

Contudo o que rouba a cena mesmo, e traz a veia cômica ao enredo é a participação dos dois adolescentes, aonde o personagem Robbie (Jonah Bobo) de apenas 13 anos nutre seu primeiro e acachapante amor por sua babá, a jovem adolescente Jessica (Analeigh Tipton) que por sua vez se vê apaixonada pelo pai do garoto, Cal Weaver, aonde chega ao ponto de fazer uma grave demonstração de amor, que quase destrói a vida de todas as famílias envolvidas.

A lamentar, apenas a participação da Emma Stone, que mesmo tendo um papel importante, não consegue convencer, mas por sua fisionomia que às vezes me parece não demonstrar a expressão necessária para determinados momentos. Mas, isso não chega a interferir em nada no andamento da história, que, mesmo abordando questões cliches como amor, em nenhum momento chega a ser piegas.

OBS: A cada dia eu comprovo que Kevin Bacon, de uma forma ou de outra, sempre está envolvido em todas as obras cinematográficas do mundo, já que ele faz algumas cenas pontuais e divertidas. Reparem, quando você menos espera, está lá ele participando do filme que você está assistindo.

Enredo

Steve Carell; Ryan Gosling; Emma Stone; Julianne Moore; John Carroll Lynch; Marisa Tomei; Analeigh Lipton; Kevin Bacon

Diretor

Glenn Ficarra e John Requa

Nota para “Amor a Toda Prova” – 7 de 10

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s