Bom

Não Sou Crítico de Cinema 28 – “Dr Prince & Mr Jackson”

prince-michaelSempre fui muito fãs de programas que são meio que documentários biográficos sobre artistas ou algum acontecimento histórico, pois você acaba descobrindo coisas que não são tão difundidas em um aspecto geral. E ontem me deparei com um bem interessante que passou no canal a cabo BIS sobre a “rivalidade” alimentada por todos em torno de Michael Jackson e Prince.

Em “Dr Prince & Mr Jackson”, vemos como os dois disputaram sempre os holofotes, mas com rumos extremamente diferentes, tanto no quesito musical quanto de personalidade. Se por um lado tínhamos um músico já consolidado e ícone de uma geração desde criança (Jackson) vemos que o outro partiu de um lugar que não tinha nenhuma tradição musical, principalmente na música negra americana (Prince).

É legal nesses tipos de documentários os depoimentos de pessoas que viveram intimamente com os envolvidos, pois detalhes que jamais imaginamos vem a público. E um dos mais interessantes é que os dois sempre que podiam espionavam um ao outro. Como Michael tinha contrato com a Warner Bros e possuía muitos amigos no estúdio, exigiu que fosse o primeiro a ver “Purple Rain” (que em breve vai receber um review aqui porque merece) filme que Prince estrelou e mostrou a força das suas músicas para o mundo de um modo geral. Em contrapartida, o produtor de Prince disse que em uma certa ocasião o cantor estava tão preocupado em ver como Jackson realizava e elaborava seus passos de dança e performance nos palcos, que alugou um avião no mesmo instante e foi ver um show de Michael em Detroit, sem que ninguém da equipe de seu “rival” soubesse.

Outro fator interessante da relação dos dois foi como eles se aproximaram e se separaram quase que no mesmo instante. Michael escreveu a canção “BAD” pensando em um dueto com Prince, para que pudessem duelar tanto na questão musical quanto na dança. Prince aceitou o convite, mas ao analisar a letra, imediatamente ligou para Michael e disse que a música era fraca e que ele não participaria por não concordar com tais abordagens da canção. Depois disso, nunca mais tiveram contato um com outro.

As excentricidades dos dois também está presente em “Dr Prince & Mr Jackson”, mas de uma maneira mais comedida, pois a maioria dos que acompanham o cenário da música e do cenário POP sabem que os dois eram chegados em coisas e situações peculiares, mas não chega a ser o foco do documentário, que faz questão de mostrar a importância e relevância que os dois tiveram dentro desse universo, basicamente ditando o rumo de como seriam os anos a seguir e movimentando uma indústria como poucos conseguiram até hoje. Se o cenário da música POP é o que é hoje, deve-se muito ao que esses dois construíram lá no passado e que hoje parece impensável que algum músico chegue a ter essa importância.

Prince e Michael já não estão mais entre nós, mas ninguém pode negar que seus nomes e suas obras jamais serão esquecidos, tamanha relevância e qualidade artística que alcançaram em suas carreiras.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s